Institut Francais de la Vigne et du Vin (IFV) e o Institut Agro (Montpellier SupAgro), com o apoio da região de Occitânica (Occitanie), lançaram a nova versão de uma aplicação móvel gratuita, ApeX-Vigne, baseada no método do ápice vegetativo para acompanhar a evolução do crescimento da videira e estimar o nível de stress hídrico.

Este método para caracterizar o crescimento vegetativo da videira é muito simples, sendo baseado na observação das pontas vegetativas. É conhecido há alguns anos e é frequentemente utilizado, principalmente na região do Mediterrâneo, com o objetivo de encontrar uma relação entre a interrupção precoce do crescimento e níveis significativos de stress hídrico. 

Por outro lado, a sua divulgação foi travada até agora pela dificuldade de determinar um índice de crescimento vegetativo diretamente na parcela que permita uma interpretação imediata.

Para ultrapassar este problema, o IFV e o Institut Agro desenvolveram uma aplicação móvel, ApeX-Vigne, em 2019, cuja atualização acaba de ser publicada.

ApeX Vigne é uma aplicação gratuita (idioma francês) que pode ser utilizada nos dispositivos móveis após dowload. Graças a um sistema simples, permite contar os ápices e, portanto, calcular um índice de crescimento vegetativo. A seguir, a aplicação propõe uma síntese e a monitorização da evolução do crescimento dos ápices de cada parcela. Por último, um formulário desenvolvido pelo IFV, propõe uma interpretação ao nível do stress hídrico. As informações são mantidas para que o utilizador as possa recuperar para análise posterior ou para as partilhar.  

Por conseguinte, é uma aplicação que pode ser utilizada por um viticultor nas suas parcelas, por um consultor ou rede de consultores, por exemplo, uma cooperativa ou uma instituição de controlo.

A nova versão da aplicação facilita a recolha e a troca de informações por vários utilizadores.