Foram aplicadas técnicas de análise de imagem na superfície dos vedantes de cortiça do vinho (no topo e nas laterais da superfície cilíndrica) de sete classes de qualidades comerciais, com o objectivo de caracterizar a sua porosidade. Foi encontrada uma tendência crescente desde as classes de qualidade superior para as de qualidade inferior no que respeita às características relacionadas com a área dos poros (i.e. comprimento e largura máximo ou área máxima do poro) e concentrações variáveis (i.e. coeficiente da porosidade ou número de poros por 100 cm2). As variáveis de forma mostraram resultados constantes e os valores médios não mostraram diferenças entre classes de qualidade. A variação das características dos poros em cada classe de qualidade foi elevada, especialmente nos níveis de qualidade média. Desta forma, não existiram diferenças estatisticamente significativas que permitissem isolar as classes de qualidade, e as sobreposições foram particularmente importantes nas classes de qualidade média. A redução da classificação em apenas três classes de qualidade permitiu isolar subconjuntos estatisticamente diferentes baseados no coeficiente da porosidade e no número de poros por 100 cm2. Estas variáveis podem ser seleccionadas para maior desenvolvimento das especificações do nível de qualidade dos vedantes de cortiça do vinho. Aconselhamos a leitura integral do artigo. Título original: Quality characterization of wine cork stoppers using computer vision.

Ligações externas
Páginas relacionadas:​