CICLO BIOLÓGICO DA TRAÇA-DA-UVA, Lobesia botrana (Denis & Schiffermüller), NA REGIÃO DEMARCADA DO DOURO A traça-da-uva Lobesia botrana (Denis & Schiffermüller, 1775) é considerada a principal praga da vinha na Região Demarcada do Douro (R.D.D), pela importância económica dos prejuízos que origina, quer em termos quantitativos, traduzidos na destruição direta dos cachos, quer, sobretudo, em termos qualitativos, decorrentes da ampliação dos ataques de podridão-cinzenta e podridão-acética. O desenvolvimento de um sistema de proteção adequado contra a praga em termos, designadamente, da identificação da melhor oportunidade para intervir, depende da disponibilidade de informação adequada sobre o seu ciclo biológico na região. Tendo em vista contribuir para esse objetivo, no presente trabalho apresentam-se e analisam-se dados obtidos ao longo de 11 anos em várias vinhas do Baixo e Cima Corgo sobre o ciclo biológico da traça-da-uva, tendo por base a análise da sua curva de voo e a observação visual do desenvolvimento dos estados imaturos. ***Este texto foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico***

Ligações externas