Além do prémio Versini, reservado a investigadores que desenvolvem a sua atividade em Itália, a SIVE (Società Italiana Viticoltura ed Enologiaestabeleceu em 2012 um segundo prémio, aberto a investigadores de outros países. A iniciativa decorre da consciência de que a investigação, mesmo no sector vitivinícola, tem uma dimensão cada vez mais internacional. O principal objetivo é facilitar o acesso à informação científica a nível internacional e proporcionar aos produtores italianos oportunidades de contacto com investigadores de todo o mundo. De acordo com estes princípios, a associação OENOPPIA decidiu patrocinar a iniciativa desde a sua segunda edição.

Os trabalhos científicos propostos por candidatos de todo o mundo serão selecionados por um júri composto por 50 investigadores e serão apresentados no ENOFORUM 2017. Os técnicos e produtores que assistirão ao evento irão avaliar os trabalhos científicos baseando-se na utilidade prática que estes têm para os seus próprios trabalhos. Esta avaliação técnica permitirá selecionar o vencedor do prémio SIVE OENOPPIA.

Lista dos 12 candidatos selecionados pelo comité científico internacional:

  • The microbial signature of terroir as a biomarker of vine health and wine quality
         Ignacio Belda, Department of Microbiology III, Complutense University of Madrid
  • Zoning vineyards by NDVI data from unmanned aerial vehicles (UAVs) and mapping variability of the vineyards in Ontario, Canada“,
    Yun-Suk Lee, Cool Climate Oenology and Viticulture Institute, Brock University, Ontario
  • Grapevine xylem adaptation to drought studied by reflectance spectroscopy“,
        Laura Rustioni, Dipartimento di Scienze Agrarie e Ambientali (DISAA), Universita` degli Studi di Milan
  • Nebulized water cooling of the canopy affects leaf temperature, berry composition and wine quality of Sauvignon blanc“,
        Andrea Bellincontro, Dept. For Innovation in Biological, Agro-food and Forest systems (DIBAF), University of Tuscia
  • Application of near-infrared spectroscopy, using linear and non-linear models of calibration, to study norisoprenoids transformations in grapes“,
        Eduardo Delacassa, Laboratorio de Biotecnología de Aromas, DQO-CYTAL, Facultad de Química, Universidad de la República del Uruguay
  • Grape solids: sterol content and impact on alcoholic fermentation“,
        Erick Casalta, INRA UMR 1083 Sciences pour l’Œnologie
  • Evolutionary strategies to develop high-Glutathione yeast strains for winemaking“,
        Tommaso Bonciani, Dipartimento di Scienze della Vita, Università di Modena e Reggio Emilia
  • The influence of mitochondrial DNA in wine production“,
        Alexandra Verspohl, Università degli studi di Modena e Reggio Emilia (UNIMORE)
  • Immobilization of yeasts in oak chips and cellulose powder for use in bottle-fermented sparkling wine“,
        Carmen Berbegal, ENOLAB, ERI BioTecMed. Universitat de València
  • Protein haze formation in white wine – The critical involvement of sulfur dioxide in protein aggregation mechanism“,
        Ricardo Chagas, LAQV REQUIMTE, Universidade Nova de Lisboa
  • Wine-Oxygen-Antioxidants: How to address more effectively the winemaker choices“,
        Panagiotis Arapitsas, Dipartimento di Qualità Alimentare e Nutrizione, Fondazione Edmund Mach, San Michele all’Adige
  • Deciphering the wine ageing bouquet: sensory and molecular study of a complex olfactory concept”,
        Magali Picard, ISVV – Université de Bordeaux

OENOPPIA é uma organização sem fins lucrativos criada em 2009, que reúne os principais atores envolvidos na produção e desenvolvimento de produtos enológicos. Os membros da Oenoppia representam cerca de 85% dos produtos enológicos utilizados pelos produtores de vinho no mundo inteiro. Uma consolidada cultura do vinho e uma abordagem internacional no mundo vitivinícola, originou a criação desta associação.
A sua experiência no âmbito dos produtos enológicos é o resultado do desenvolvimento interno ou de parcerias de longo prazo com as principais universidades e centros de investigação de todo o mundo. Esta deu origem a inúmeras publicações e patentes, conduzidas pela busca da melhor expressão possível do potencial qualitativo das uvas.
O prémio Internacional SIVE “OENOPPIA” é mais uma expressão concreta de compromisso com o setor, para apoio a um maior conhecimento dos fenómenos envolvidos na transformação das uvas em vinho. 
Os membros OEnoppia são: AB Enzymes, Agrovin, AEB, Eaton, Bioseutica, Dal Cin, Enologica Vason, Chr. Hansen, Oenobrands, Erbslöh, Esseco, Laffort, Lallemand, Fermentis, Lyven, Novozymes, Silvateam, Cofalec.