italianoenglishfrançaisdeutschespañolportuguês
Idioma
Pesquisa do site
  • » Abstracts Técnicos
  • » Impactos das alterações climáticas e medidas de adaptação para a viticultura Portuguesa

Impactos das alterações climáticas e medidas de adaptação para a viticultura Portuguesa

infowine.forum 2018 | Poster

H. Fraga1, J. Santos1

1 Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Quinta de Prados, 5000 - 801 Vila Real

ricardo.costa@utad.pt

O clima é um dos principais fatores que determina a produtividade da videira. A avaliação dos impactos das alterações climáticas nesta importante cultura pode ajudar a adaptar o setor às condições futuras. No presente estudo, os impactos das alterações climáticas na produção vitivinícola portuguesa são analisados através do acoplamento do modelo de culturas STICS com simulações climáticas de alta resolução, para o passado recente (1981-2005) e para o cenário futuro RCP8.5 (2041-2070). Os resultados apontam para um decréscimo de produtividade nas regiões vitivinícolas do interior do País, especialmente nas regiões do Alentejo e Douro. Para estas regiões, é esperado que temperaturas extremas e seca severa tenham impactos negativos na produtividade e atributos qualitativos da uva. Como estratégias contra estes impactos, medidas de adaptação devem ser consideradas, focadas em problemas específicos. Estas estratégias podem incluir medidas de curto prazo, como mudanças nas práticas vitícolas, variedades mais adaptadas, e/ou medidas de adaptação a longo prazo, como a realocação de vinhas. É necessário um planeamento adequado e atempado destas medidas para definir e implementar estratégias de adaptação às mudanças climáticas esperadas.

Palavras chave: Alterações climáticas, viticultura, Portugal.

Publicado em 18/07/2018
Fotos
Páginas relacionadas
© Todos os direitos reservados
VAT: IT01286830334
ISSN 1826-1590
powered by Infonet Srl Piacenza
Política de privacidade
Este site utiliza cookies que são necessários para a finalidade descrita na política de cookies. Se quiser saber mais sobre cookies, consulte a política de cookies. Ao fechar este banner e ao navegar nesta página, clicando num link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, está a concordar com o uso e política de cookies.
Mais informaçãoOK

- A +