italianoenglishfrançaisdeutschespañolportuguês
Idioma
Pesquisa do site
  • » Estabilização
  • » PRATA COLOIDAL COMO ALTERNATIVA AO USO DE SO2 EM VINHOS BRANCOS E VINHOS TINTOS

PRATA COLOIDAL COMO ALTERNATIVA AO USO DE SO2 EM VINHOS BRANCOS E VINHOS TINTOS

Pedro M. Izquierdo-Cañas, Esteban García-Romero, Sergio Gómez-Alonso Laura García Martín; proyecto IVICAM

O uso de dióxido de enxofre (SO2) na indústria alimentar é cada vez mais questionado por causa de reações pseudoalérgicas que pode causar. O objetivo deste trabalho é estudar o uso de um complexo de prata coloidal (CSC) como substituto anti-séptico do SO2 para vinificação em vinhos brancos e tintos. É demostrado que o CSC numa dose de 1 g/kg de uvas é um anti-séptico eficaz, capaz de controlar o desenvolvimento de bactérias acéticas e lácticas, permitindo o crescimento de leveduras Saccharomyces cerivisiae em velocidades semelhantes às observadas com SO2, até ao esgotamento completo dos açúcares. A concentração final de prata foi de 18,4 e 6,5 ug/l nos vinhos brancos e vinhos tintos, respectivamente, o que se situa abaixo dos limites legais. A composição do vinho é um pouco afetada. Vinhos com CSC têm uma concentração alcoólica e de acetaldeído um pouco mais baixa que vinhos com SO2. O CSC é um anti-séptico promissor para a indústria do vinho, embora deva ser tido em conta que a maior desvantagem é que não possui atividade antioxidante. Aconselhamos a leitura do texto integral. Título original: “laboracíon de vinos blancos y tintos con plata coloidal como alternativa al uso de SO2 en Enología”.

Publicado em 27/10/2011
Páginas relacionadas
© Todos os direitos reservados
VAT: IT01286830334
ISSN 1826-1590
powered by Infonet Srl Piacenza
Política de privacidade
Este site utiliza cookies que são necessários para a finalidade descrita na política de cookies. Se quiser saber mais sobre cookies, consulte a política de cookies. Ao fechar este banner e ao navegar nesta página, clicando num link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, está a concordar com o uso e política de cookies.
Mais informaçãoOK

- A +
ExecTime : 1,214844