italianoenglishfrançaisdeutschespañolportuguês
Idioma
Pesquisa do site
  • » Novidades
  • » LUCIA GONZALEZ-ARENZANA, Instituto de Ciencias de la Vid y el Vino (ICVV), prémio vencedor ENOFORUM CONTEST 2021

LUCIA GONZALEZ-ARENZANA, Instituto de Ciencias de la Vid y el Vino (ICVV), prémio vencedor ENOFORUM CONTEST 2021

           Logo EWC

O processo de avaliação dos trabalhos de investigação submetidos no Enoforum Contest 2021 encontra-se concluído, um concurso digital dirigido à comunidade científica do setor vitivinícola. Mais de 100 trabalhos científicos de diferentes países participaram nesta edição, dos quais 42 foram selecionados pelo Comité Científico formado, este ano, por 86 investigadores de 17 países, para apresentação oral durante o Enoforum Web Conference 2021.

Durante os três dias do Enoforum Web Conference, que decorreu em formato digital entre 23 e 25 de fevereiro, os autores dos 42 trabalhos selecionados para o prémio apresentaram os seus trabalhos de investigação no formato flash-talk com foco nos resultados práticos. O congresso digital teve uma grande repercussão entre os técnicos de todo o mundo e registou um enorme sucesso com mais de 5 500 participantes. O caráter diferenciador do Enoforum Contest é o protagonismo concedido aos agrónomos e enólogos na seleção dos vencedores através da avaliação dos trabalhos de investigação em tempo real durante o congresso.

Lucia Gonzalez Aranza O prémio foi atribuído a Lucía Gonzalez-Arenzana do Instituto de Ciencias de la Vid y el Vino (ICVV), com sede em Rioja (Espanha), com o trabalho de investigação “Plasma frio à pressão atmosférica para eliminação de Brettanomyces da madeira de carvalho” juntamente com os coautores Ana Sainz-García, Ana González-Marcos, Rodolfo Múgica-Vidal, Ignacio Muro-Fraguas, Rocío Escribano-Viana, Isabel López-Alfaro, Fernando Alba-Elías and Elisa Sainz-García.

A madeira, de estrutura porosa, facilita a penetração não só do vinho, mas também de microrganismos, como a levedura de contaminação Brettanomyces bruxellensis. O método mais utilizado para a desinfeção de barricas consiste na mecha com pastilhas de enxofre, no entanto, existe uma diretiva europeia que limita esta prática, apesar de ainda não existir uma alternativa eficaz. Este estudo faz parte de um projeto de investigação sobre a aplicação de plasma frio à pressão atmosférica (APCP) para desinfeção de aduelas de carvalho.

O prémio no valor de 10 000€ é atribuído ao fundo de investigação do vencedor sendo posteriormente apresentado de forma detalhada nos próximos eventos, Enoforum USA e Itália.

Disponibilizamos, em inglês, o trabalho de investigação vencedor: "Plasma frio à pressão atmosférica para eliminação de Brettanomyces da madeira de carvalho"

 

Publicado em 22/04/2021
Fotos
Item disponível em italiano english francais deutsch spagnolo
Páginas relacionadas
© Todos os direitos reservados
VAT: IT01286830334
ISSN 1826-1590
powered by Infonet Srl Piacenza
Política de privacidade
Este site utiliza cookies que são necessários para a finalidade descrita na política de cookies. Se quiser saber mais sobre cookies, consulte a política de cookies. Ao fechar este banner e ao navegar nesta página, clicando num link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, está a concordar com o uso e política de cookies.
Mais informaçãoOK

- A +
ExecTime : 3,234863